quinta-feira, 29 de outubro de 2009

MAIS CAIXAS

Mais algumas caixas prontas para serem entregues, mas a cliente está dodói e não pode vir pegá-las. Andou fazendo macaquices e machucou o pé, não é mesmo Dona Cleidy hehehe. Melhoras prá ti amiga, olha as tuas caixinhas ai.











Boa sexta feira a todos


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

BANDEJA PROVENÇAL

A algum tempo coloquei um PAP de um par de abajur floral em um post aqui no blog. A cliente dos abajures solicitou uma bandeja de quarto com a mesma estampa. Gostei do conjunto e a cliente também.













Boa semana a todos.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

PLÁSTICA - REAL NECESSIDADE


Lá pelo ano de 2002 escrevi o texto que colocarei logo abaixo- acho que para algum trabalho de aula. Nós mulheres devemos refletir um pouco sobre a vaidade que temos dentro de nós. Vaidade é igual a ciúme, quando em demasia é perigoso.

Após o meu texto coloco um depoimento de uma amiga blogueira, que acho, muitos conhecem, a Janeisa do Blog Brasil do Bem. Ela conta sua experiência com a cirurgia plástica para colocação de silicone nos seios.

Texto: Celita P. Oenning

NOVO CREME ANTI-RUGAS DÁ FIRMEZA A PELE
"Eu quero usar aquele botox em creme; aquele que estica o rosto, diminui as rugas e causa um efeito Cinderela, vocês têm?" Essa demanda tem sido cada vez mais frequente nos consultórios dermatológicos. "Pele mais firme na região das maçãs do rosto e embaixo dos olhos, além de melhora na aparência do contorno do rosto, na linha da mandíbula” é o que promete mais um dos milagrosos cremes anti- envelhecimento que é apresentado em uma reportagem da Folha de São Paulo.
A cada dia aparece um novo creme , um novo método para acalmar os afoitos pela sede da juventude. A cada tentativa uma nova frustração. Propaganda enganosa? Não sei. Sei que muitos estão ficando ricos com a tal fonte da juventude. Quem não gostaria de ficar com aquele rostinho angelical da adolescência, mesmo que com algumas espinhas, ou até mesmo da primeira fase adulta, onde o viço está aflorado e a beleza é completamente revelada? Queria eu meu rosto dos idos 20, 22 e até 25 anos.
O padrão de beleza brasileiro tem tornado, principalmente as mulheres, escravas dos cremes, das plásticas e outros métodos anti-envelhecimento. Também tem sido constante os casos de vítimas que, buscando a beleza da juventude, acabam realmente eternos, ou com sequelas nada belas.
Acredito que a ciência está cada vez mais próxima de apresentar aos seguidores da eterna juventude, uma fórmula real. Mas convenhamos, congelar o corpo para aguardar está descoberta é um tanto bizarro (li um artigo a respeito).
Espero eu, que os cientistas não demorem muito, pois vou acabar usando um desses cremes também.
DEPOIMENTO DE JANEISA



EU, O SILICONE E O BLOG Postado por Janeisa Tomás - postado em 06/10/09

Amanhã, infelizmente não poderei atualizar o blog, pois irei me submeter a uma cirurgia. Não é nada grave, mas é bastante incômoda e, talvez, relatando minha experiência, ela sirva de alerta e conscientização para muitas outras mulheres. Há 3 anos, fiz um implante de silicone nos seios, pois minha vaidade falou mais alto e quis dar uma turbinada até em função de minha auto-estima como mulher, pois após o nascimento de meus filhos, os meus seios que já eram pequenos, menores ficaram.Minha prótese foi inserida no sulco sob o seio – retroglandular - até aí tudo bem. Há mais outras duas técnicas: em volta da aréola ou pela axila. Cada médico prefere uma técnica, dependendo da constituição física da paciente. Correu tudo bem, saí de lá super dolorida, porém feliz e fiquei um mês longe das minhas caminhadas e da ginástica. Porém, nos últimos meses, comecei a sentir que os meus seios estavam muito duros, mais que o normal e para dormir de bruços acabavam por me machucar. Consultei meu médico e ele me explicou que meu organismo rejeitou a prótese e ocorreu uma cápsula fibrosa que estava endurecendo, por isso que eu estava sentindo um pouco de dor. Então, amanhã terei que retirar as próteses e colocar novamente, só que dessa vez o médico terá que colocar retromuscular, ou seja, atrás do músculo, já que na retroglandular meu organismo rejeitou. Essa é a desvantagem de se optar pelo silicone, tão em moda, porém com estes riscos. Outra desvantagem é a necessidade eterna da prótese. Agora, eu simplesmente não posso tirar e pronto porque depois de implantada, a prótese distende a pele e não há mais como voltar atrás. Caso eu quisesse remover o silicone, minha mama ficaria flácida e murcha, então eu só posso substituir o modelo (o meu é perfil alto – 220 cc). Então, optei por um perfil moderado e um pouco menor – 200 cc. Nestes casos, como o meu, a troca ou retirada é uma exigência de saúde.

Agora, se você me perguntar se eu faria tudo de novo, eu diria que “não”, porque nunca avaliei os riscos e nunca imaginei que meu organismo pudesse futuramente fazer uma rejeição. Se fosse hoje, eu optaria pelo mais seguro: muitos sutiãs de enchimento. Propaganda enganosa? Que seja, mas minha saúde hoje é prioridade e não penso somente na estética.Um abraço em todas e todos!


EU, O SILICONE E A DOR Postado por Janeisa Tomás - postado em 09/10/09


Oi pessoal, muito obrigada pelas palavras de apoio, fiquei muito feliz em ler todos os comentários me desejando boa sorte e muita força e com muito otimismo e oração.
Só agora, me animei e consegui abrir o computador para ler os comentários aqui do blog.
Não foi e não está sendo fácil, a dor é muito intensa. Isso que eu sou uma pessoa super tolerante a qualquer tipo de dor, a minha dentista que o diga, pois ela sempre faz os procedimentos sem anestesia, porque eu acho que não preciso e consigo tolerar qualquer dorzinha. Outro exemplo: durmo na depilação, sem problema nenhum. Mas essa vez, fui fisgada por uma dor tremenda.
Minha cirurgia ocorreu quarta, dia 07, às 8hrs. Fui em jejum e me deram uma anestesia peridural (fiquei com muito medo), as 10hrs, eu já estava acordada na sala de recuperação e a sensação que eu tinha era que um trator tinha passado em cima de mim. Tomando medicamento na veia (Tramal) que é um derivado de ópio e mesmo assim, sentia que não adiantava nada, ou seja, a dor não diminuía. A enfermeira que cuidou de mim foi um amor de pessoa, delicada e super atenciosa e me tirava a pressão de meia em meia hora. O médico foi me ver duas vezes e me explicou que o procedimento tinha corrido tudo bem e que esta dor era porque as próteses tinham sido colocadas atrás do músculo e por isso doíam mais e que também eu estava com dois drenos para evitar qualquer infecção. A dor era tão forte que achei que fosse morrer. As 17 hs, tive alta e meu marido me levou para casa, fui me arrastando e cheia de medicamentos. Passei na cama até agora pouco, só levantando para ir ao banheiro e tomar um banho de gato. Ontem voltamos ao médico, ele retirou os drenos e me receitou um medicamento para dormir. Minha noite foi um pouco melhor, é claro que não posso me esticar, tenho que dormir sentada e ficar com um sutiã especial por um bom tempo.
Pois é....se eu soubesse disso a 3 anos atrás...jamai colocaria o silicone. Ficaria "despeitada", porém feliz e teria uma coleção de sutiãs com bojos de todos os tamanhos.



O depoimento de Janeisa alerta para sequelas que podem acontecer em uma cirurgia plástica ( nesne caso para colocação de silicone)
Nada contra, mas acho que há um certo exagero na real necessidade estética das pessoas que procuram por esta intervenção. Mulheres, jovens e meninas , muitas vezes ainda em processo de formação se submetem a intervenções cirúrgicas em nome da beleza. E ainda sem comentar o perigo de encontrar um profissional nada "profissional" pelo caminho, temos vistos muitos casos na mídia.


Hora de repensar meninas e meninos.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

CHILE, COM GOSTINHO DE QUERO MAIS

Chile é um encanto. Povo educado e simpático, cidade limpa e organizada, arquitetura fantástica indo do clássico ao futurista. Foram apenas 3 dias bem aproveitados pois dois dias foram só de aeroporto, um para ir outro para voltar. Tudo bem acho que tive azar no horário de voo, na ida saímos de Floripa e ficamos a tarde toda em São Paulo pois nosso horário seria só as 18:30, chegamos no Chile quase duas da manhã (temos diferença de fuso horário de uma hora). Na volta mais um horário de ficar aguardando em São Paulo para seguir prá Floripa. Ou seja quem sai de Sampa não sofre estes desgastes. Fora isso a viagem foi maravilhosaaaaaa.
Quando viajo gosto de me sentir em casa, conhecer o dia a dia do povo, mas sem ter que experimentar comida típica (há isso não gosto não) já sou ruim de comer não abro mão de uma boa salada, mas nem todos os lugares servem.
O que gosto mesmo é de andar nas ruas vendo todo mundo correndo (assim como a gente também), não gosto de pegar táxi, a não ser quando meus pés já não dão mais um passo e ou quero ganhar tempo para chegar a um lugar. Dizem que o Metrô de Santiago é muito bom, mas meu marido não teve jeito de querer experimentar, então tá, usamos taxi quando foi necessário, mas que fiz ele andar fiz (ele também gosta hehehe). Passear pelas ruas ver as vitrines, o comércio local, Chile tem muitas galerias, a gente leva muito tempo só visitando elas. Fui em galeria só de antiquários (cada coisa de babar), pares de cadeiras chiquetérrimas, aiaiaia com um restauro... Há sem falar das livrarias, livros de design que não achamos por aqui MEEESSMMOOO, só importando. Trouxe dois (vou mostrar).
Gente, não costumo ir a muitos pontos turísticos, e como o tempo era curto fomos vendo o que aparecia no nosso caminho, Palácio de La Moneda, Praças, Prédios como o da Universidade do Chile, Biblioteca e outros. Acabamos não indo ao Cerro de San Cristovam, acho que este eu devia ter ido mas não deu tempo mesmo. O que não abri mão foi de ir ao Vale Nevado , e dos três dias um foi todo para esse passeio , mas valeu cada minuto.
Também passamos um dia visitando os shoppings (dois maiores), tudo bem estão a se perguntar, com tão pouco tempo perder um dia em shopping, lá conhecemos o povo mesmo hehehe.
Saímos do apartamento, sim apartamento, não gosto muito de hotel, como já disse gosto de me sentir em casa, por isso alugamos, sempre que possível um aparthotel, passamos nos mercadinhos (lá também parece délis - como em Nova York) e sempre deixamos umas coisinhas na cozinha para aquela fominha fora de hora. Continuando... saindo do apart fomos caminhar para achar a famosa rua das Grifes a Alonso de Córdova ela é bem extensa. Depois de ver algumas lojas, só olhar é claro, caminhando... chegamos ao Parque Arauco, o maior Shopping, realmente tudo de bom. São vários prédios unidos , no centro deles com jardins e restaurantes ao ar livre. Um andar designado "design" só lojas de decoração, coisas prá casa, ameeeeeei. Lojas de departamentos como Ripley, Paris, Falabella e também lojas de griffe (prá quem gosta ), Umas bolsinhas da Guess deu prá encarar. Também umas roupas de cama da Caivim klein suuuper macias na Falabella, os preços estavam muito bons, minha filha cai casar e já aproveitei para trazer um prá ela também. Nesta altura do campeonato eu e meu marido já estávamos pagando excesso de bagagem, só de livros eu e ele( ele mais ) estávamos com quase uma mala cheia, e livro pesa.
Também vou agradecer a uma blogueira do Chile " Carolina Artesanías " que havia me dado umas dicas de onde comprar materiais de artesanato. Fui na Galeria Omnium que ela indicou e comprei alguns guardanapos e um tecido que adorei. Obrigada amiga, sua cidade é DEMAAAIS, vou voltar com certeza.
Vou parar de escrever e mostrar algumas fotinhos.


Cheguei na madrugada e pela manhã ao acordar, da sacada do ap, vejo ao longe as cordilheiras.


Aqui já no entardecer
Galeria de antiquários (lindo)




Ruas - calçadões do centro


Aqui uma praça em frente contrária ao Palácio de La Moneda, foi onde ocorreu a festa da Vitória do Chile - classificação para a copa - um festão , ficamos no apart só escutando e vendo pela tv.


Palácio de La Moneda



Universidade do Chile


Biblioteca



As cosntruções - das clássicas às futuristas
















Rua Alonso de Córdova - Lojas de Grifes




Início à subida ao Vale Nevado - pensativa - será que vou?


Já lá no alto... neste momento sem neve, não sabe o que está nos esperando na volta.

Primeira estação de esqui - já fechada a temporada



Uma paradinha para ski bunda


Eu só prá olhar e bater fotos

Olha o casalsinho no maior frio


Bem vindos ao Valle Nevado

Muita Neve

Pessoal brincado de esquiar


Não vou perder de brincar um pouquinho, virar criança novamente




Muito frio


Voltando..., eu não disse, olha o que esperava por nós , não deu outra só descendo de correntes


MEEEEDO, mas era lindo de se ver



Gente, mereço um café bem quente

Olha a festa do povo esperando o time do Chile que estava chegando no aeroporto. A festa da vitória virou a noite e foram para lá esperar o time pela manhã.


Agora apertem os cintos, a beleza vista de cima. Coisas de Deus. Cordilheiras dos andes na volta. Nunca bati tantas fotos de uma só paisagem, claro, não vou colocar todas aqui , só algumas hehehe.










Agora algumas das compritas - tecidos e guardanapos para meus artesanato


Bolsinhas



Meus livros de design - fantásticos




O resto das compras são coisinhas .
Espero que tenha gostado da viagem, eu amei.
Até o próximo post. Uma boa semana a todos

Você poderá gostar também de:

Blog Widget by LinkWithin

MEUS TRABALHOS - fase listra

MEUS TRABALHOS - fase listra
caixa de chá

caixa de chá

meu presente para Gisele

meu presente para Gisele

meu presente para Gisele

caixa para presente de casamento

caixa para presente de casamento

caixa para presente de casamento

meu presente para Luciana

meu presente para Luciana

meu presente para Luciana

caixa com guardanapo

caixa com guardanapo

caixa com guardanapo
Pin It button on image hover